Aumentar tamanho das letras Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Versão para impressão


Artigos

08/09/2016

E agora José!

 

E agora José!


Por José Tavares Filho, presidente do SINDICAM-CE e diretor da CTB

A economia é uma engrenagem, se o Aconsumidor compra menos, o comércio vende pouco, a indústria reduz a produção e a oferta de carga cai, com menos carga, maior a concorrência, menor o preço.
O reflexo no transporte é a dificuldade para manter o caminhão rodando. O autônomo tenta resistir, alguns falam de parar e outros param mesmo. É a crise se instalando.
Por sua vez se os trabalhadores celetistas, trabalhadores que seguem as consolidações das leis trabalhistas, trabalham com carteira assinada, também estão com o mesmo discurso, NÃO têm emprego, ou querem mudar de empresa. Porém, é bom lembrar
aquele ditado que diz: “ruim com ele, pior sem ele”, pois bem, devido ao aumento nos gastos e baixa no faturamento, no qual gera a crise econômica, em assim, é corriqueira as consequências das práticas dos assédios, morais e sexuais, além da precarização nos locais de trabalho, muito trabalhadores estão pensando em sair das empresas, porém, acho que apesar dos pesares não é o momento. O país vive em uma fase de recessão, caos políticos e várias incertezas no futuro do trabalhador e trabalhadora.

É preciso ponderar os ônus e bônus da decisão do desligamento ‘voluntário’. Ainda temos que contar com o fator tempo, ou seja, muitos caminhoneiros desempregados acima dos 50 anos de idade distribuem seus currículos pelas empresas no Brasil afora e são negados, seja pela idade, seja por não terem conhecimento em informática (que agora é utilizada nos caminhões de última geração).

O que fazer?
E agora José!
 

Última atualização: 08/09/2016 às 14:43:46
 
Versão para impressão Diminuir tamanho das letras Voltar Página inicial Aumentar tamanho das letras

Comente esta notícia

Nome:
Nome é necessário.
E-mail:
E-mail é necessário.E-mail inválido.
Comentário:
Comentário é necessário.Máximo de 500 caracteres.
código captcha
Código necessário.

Comentários

Seja o primeiro a comentar.
Basta preencher o formulário acima.

   contato@sindicamceara.org.br

Atualizado pela Assessoria de Comunicação e Imprensa, jornalista Wanessa Canutto

www.igenio.com.br
BloggerYouTubeInstagramGoogle+FlickrTwitter Facebook